16 de mai de 2015

Fanzinando Ideias : Como Tudo Começou..

Meu trabalho hoje tem muito haver com o meu dia a dia, pois vivo uma condiçao de trabalhar fazendo aquilo que gosto e o mais legal, perto de casa. Trabalho em uma instituiçao que atua na proteçao e bem estar das crianças da regiao aonde moro. Validamos o direito delas estabelecido pelo estatuto da criança e adolescente (ECA), e fazemos isso atraves de atividades ludicas e artesanais. Ou seja, utilizo a arte em fanzines para falar sobre algum tema; Bulliyng, Abuso Infantil, trafico de crianças, respeito ao proximo, direito de brincar, etc.. fortalecendo o entendimento e passando uma mensagem.Minha paixao por fanzines surgiu de forma natural, na vdd, eu fazia fanzines e nem sabia que se chamava Fanzines, rsrs. Moro entre a Regiao do Capao Redondo e Jardim Angela e aqui o Rap, Samba e Forró sempre foi o mais forte, agora tem o funk e tal, mas eu sempre tive uma caida para o Rock e para curti tinhamos que atravessar a cidade. Surgiu uma necessidade de criar algo proximo, entao comecei a fazer alguns encontro na minha casa com os amigos. Falavamos de muitas coisas ouvindo o bom e velho rock. Um amigo sugeriu fazermos u sarau e assim todo mes tinha um sarau em casa e cada dia um amigo ia trazendo outro amigo que trazia outro amigo. A casa ficou pequena e fomos para a laje chegando momentos de termos 70 jovens nela. A divulgaçao era feita de panfletos q eu mesmo confeccionava com recorte de figuras e colagem, pois nao tinha computador naquela epoca. Tambem faziamos umas revistinha  com informaçoes, dicas, bandas que curtiamos e tirava xerox para distribuir no proximo sarau. Aquela epoca o Orkut dominava a cena, e um certo amigo que morava no interior de Sp e fazia um sarau tbm queria conhecer nosso materiais, entao me enviou uma msg dizendo mais ou menos assim: - Mano que bacana o trampo de voces, vamos trocar figurinhas?? Me mande os seus fanzines quero conhecer!! Fanzines?!?! Mas o que é isso??? Pensei comigo.. Ja fui direto e joguei a palavra no google que entao caiu no Wikipédia falando oq era um fanzine. Naquele momento o meu mundo se abriu, enxerguei um universo e ao mesmo fiquei surpreso q outras pessoas no brasil faziam a mesma coisa que eu. Comecei a pesquisar contatos e aos poucos fui conhecendo os que dominavam a cena fanzineira em nivel nacional. Trocava fanzines via correios e quase toda semana quando eu chegava em casa, tinha um envelope vindo de algum lugar do brasil. Tambem recebia fitas K7, postes, releases de bandas que queriam uma publicaçao em nosso zines. Era tudo muito bacana, ate a internet popularizar e o pdf tomar contar geral, assim muitos fanzineiros começou e enviar fanzines por email, as bandas começou a fazer blogues e o mundo dos fanzines nunca mais foi o mesmo, rs.

Quanto ao Sarau, durou 3 anos. Sentimos a necessidade de sair da laje e ir para a rua onde virou Sarau Comics Edition. Começamos a mobilizar eventos com bandas e teatros nas praças e lugares q fosse acessivel só para expor nossos artefatos impressos. Conseguimos criar uma cena periferica chamada Sagrado Brutal Core que durou ate os adolescentes começarem a fazer vestibulares, conhecer o amor, o trabalho/ salario e as responsabilidades dos adultos e hoje o Sarau Comics Editon é uma especie de produtora cultural com cunho social e itinerante (sem casa fixa) e creio eu, com uns 12 anos de existencia, e um acervo de uns 15 fanzines de capas diferentes.. E vivemos felizes para todo e sempre. Fim!!!

Minha inspiraçao pelo Christa Core Fanzine, na vdd, nao houve inspiraçao nenhuma e sim persistencia, rs!!! Pois o Christa era produzido pelo Guto Miranda e o do Seu Madruga era a ediçao numero 4. O Guto esta muito triste e desanimadaço, pois tinha acontecido uma zinca na casa dele onde perdeu tudo inclusive os originais. Ele estava decidido a nao mexer mais com zines e por mais que eu incentivava e tal ele nao queria. Entao pedi autorizaçao de produzir pelo Sarau Comics Edition. Fiz algumas adaptaçoes, diagramei melhor o formato para facilitar no xerox. O pior que o zine foi bem aceito ao cenario alternativo e underground que viviamos e com a mudança do orkut p o Facebook perdi o contato com o Guto totalmente a ponto que ainda hoje nao sei se ele esta vivo ou se sabe da repercussao que o fanzine do Seu Madruga chegou, pois te digo com toda certeza, ele ja passou da marca de mil impressos, devido a grande saida dentro de eventos de animes, cultura indie e nerd.

+ Fanzines do Coletivo Sarau Comics Edition +
Quanto ao underground.. Nao sei se percebeu mais o zine do seu madruga tem uma mistura muito louca, pois ele fala de morte e ressurreição usando a pessoa do seu madruga numa levada bem hard core, em cima da letra musical da banda Rodox do Rodolfo ex- Raimundos. Digo isso, pq tanto o Guto, eu e aqueles que andava conosco vinha de uma cultura cristã, isso quer dizer, eramos o underground do underground, rs. Para a igreja, oq faziamos com os zines, eventos, saraus era como loucura e para os "nao crentes" era ainda mais, pois eles achavam impossivel aquela mistura: Fanzine + Rock + Deus, pois isso nao existe no mundo, geralmente os zines eram feitos por metaleiros, satanistas, artistas profanos sem pudor e quando eles olhavam para os nossos artefatos ficavam atônitos e a nossa intençao era justamente essa, mostrar algo diferente, inovador e com uma mensagem positiva que gerasse esperança. E ainda hoje, nao existe nada semelhante aos zines do Sarau Comics, sempre quando lembro coloco no google e nao vejo somente os nossos. Hoje em dia, a galera fanzineira ja respeita nosso trampo e temos uma boa amizade con todos e sempre quando tenho u tempinho nos encontramos nos fanzinadas e eventos da vida.

O underground é considerado como uma cena onde as bandas ou movimento realiza tudo com as proprias maos, com recursos proprios. Longe dos olhos da grande midia etc... Usavamos esse lugares para levar nossos fanzines pois combinava perfeitamente, ja que faziamos tudo a mao, recortado e colado em folhas de sulfite depois xerocado preto e branco com um custo bem reduzido. Mas faziamos com a qualidade de excelencia para que qualquer um que pegasse, ja gostasse de cara. E era por isso que eramos aceitos no meio da cena underground, eles olhavam e nao tinham oq criticar devido a qualidade e criatividade dos zines.

Bom, espero que tenha auxiliado no release e suprido algumas dúvidas. Se precisar de algo mais, soh dar um toque. E muito obrigado por me fazer lembrar desses mometos tao marcantes. Valeu mesmo por querer saber mais sobre o Christs Core e um pouco da minha historia. u fortAbrço.

Por: Roger BeaTJesus

26 de ago de 2014

#3 Refúgio CoRE FesT

O Refúgio Core Fest chega a sua 3° edição mostrando o que Deus tem preparado para aqueles que amam a Palavra que gera vida (e vida em abundância), mas também, para aqueles que curti um bom e velho rock no melhor estilo Metal, Hardcore e Screamer.  Para estes, o próximo dia 30 de Agosto de 2014 será um marco da historia do underground cristão! Serão ao todo 07 Bandas, algumas de Minas, outras de São Paulo e Santos, além de uma mega exposição de fanzines do Coletivo de artes Sarau Comics Edition, que promete levar todo o seu acervo de quase 20 tipos de zines diferentes, que ficará a disposição do público para compra e divulgação.



O evento está programado para começar às 14hs, com a Exposição de Zines fazendo abertura e logo na sequência, proteja a cabeça que em diante será só pauleira até às 22 horas. 



Esta edição está sendo organizada por Pastor Déo (Refúgio Moriah), Roberto (Christian MetaL Force) e Roger BeaTjesus (Sarau Comics Edition) que pegaram o que aconteceu de melhor nas ultimas edições  e juntaram  com algumas outras atividades. Teremos lanche à venda para cobrir custos gerados do evento, lembrando que ele é na faixa, hein!. Então não marque toca, sabadão nos encontramos lá.


#3RefugioCoreFest 2014
Dia 30 de Agosto
Das 14h até 22h
R. Ferreirópolis, 99 - Jardim Vaz de Lima

Contatos:
Roberto (11 96197-6913)
Roger (11 95428-8136)

Saiba como chegar no local clicando AQUI





29 de abr de 2014

II RefúgIO cORE FesT



Roberto José CMF e Coletivo de Fanzines do Sarau Comics Edition no 
II RefúgIO cORE FesT - 17 de Agosto de 2013, 
Refúgio Moriah, Zona Sul, São Paulo

POCKET ZINE # VOZ QUE CLAMA NO DESERTO

Um pensamento que saiu da mente e foi parar no papel.
Meu olhar impresso de todas as experiências que vivi durante o ano de 2013.
Mil páginas não caberiam, nem poderiam descrever tudo o que vivi.
Por isso, tive que resumir e transformar num pocket zine.
Nosso maior intuito é que este artefato chegue a esta juventude e faça-os refletir.
Sobre a Arte, a Vida e o Amor..

LIÇÃO DE CASA::
IMPRIME UMA FOLHA EM
http://pt.calameo.com/books/000709533...
SIGA AS INSTRUÇÕES DO VÍDEO E TENHA O SEU PRÓPRIO POCKET ZINE.

Edição de Arte: Roger BeatJesus
Produção: Sarau Comics Edition





5 de abr de 2013

O Palhaço Curioso



"Um Certo Jovem sai pelo Mundo em busca de Conhecimento. E entrega o seu Coração a tudo e a todos, na intenção de ser reconhecido e ter status. O que ele mal percebe, que Ninguém está nem aí para ele, exceto Uma Pessoa... Eu contei uma piada. Que fez o mundo inteiro chorar. Mas eu não sabia. Que a piada era sobre mim..."

Onde: Evento Lançando A Rede - Metodista do Jardim Ranieri
Ano: Agosto de 2011
Grupo: Cia. Siloé de Artes
Produção: Sarau Comics Edition
Edição de vídeo:Robson Santos
Sonoplastia: William Nogueira

Ficha Técnica dos Personagens:
Palhaço Curioso = Roger BeatJesus
Bêbado = Deivid Freitas
Astróloga = Ivonete
Playboy = Diego Oliveira da Silva
Piriguete = Eliza Silva
Consciência = Maurita Souza
Anjo = Noemi

23 de fev de 2013

Deus, onde estas?


"Homem de família. Casado, com filhos. Um exemplo a sociedade e a igreja da qual faz parte. Perde tudo o que tinha por decisões mal pensadas. Falta de perdão. Colocado a margem, só lhe resta a saudade e a exclusão.. Mas ainda há esperança."

Música: Deus, onde estas? 
Banda: PalavrAntiga

Onde: Noite dos Talentos em Acampamento CRER 
Ano: Fevereiro de 2013 
Grupo: Cia. Siloé de Artes
Produção: Sarau Comics Edition
Edição de vídeo: David Rodrigues
Sonoplastia: Bruno Roschel Carrer

Ficha Técnica dos Personagens:
Marginalizado = Roger BeatJesus
Afronta = Washington Oliveira e Thiago Darci
Esperança = André Luiz

31 de dez de 2012

KILLSWITCH ENGAGE


Falar do KILLSWITCH ENGAGE é realmente um orgulho pra mim, é uma das minhas bandas favoritas, esses norte-americanos fazem parte de uma nova geração de grupos como SHADOWS FALL, LAMB OF GOD, ALL THAT REMAINS, AS l LAY DYING, UNEARTH... Que fazem uma fusão de derivados do Metal (Deam/Thrasri/Heavy) com pitadas de Hard-Core e isso está sendo chamado de "Newwave Of American Heavy Metal" (N.W.O.A.H.M.) e o KsE é um dos grandes responsáveis dessa cena.

A seguir veremos um breve relato da história da banda:

Foi formado no verão de 1999 por Mike D'Antonio (baixo), Jesse David Leach (vocal), Adam Dutidewigz (bateria) e Joel Stroetzel (guitarra). A ideia do nome da banda veio de Mike -"Eu estava assistindo um capítulo particular de Arquívo-X e eu ouvi a palavra KILLSWITCH ("Botão da morte")...eu escrevi e pensei calmamente que poderia ser o nome de nossa banda". A ideia por traz do nome se completa com o sentido de um botão no qual você apertasse e fosse todos os seus problemas pelos ares, assim completando KILLSWITCH ENGAGE ("Acione o botão da morte").

Em 2000 lançam o primeiro registro auto intitulado pela Ferret Records que contém 8 músicas com uma pegada mais de Death-Metail e referencias de HxC e com poucas melodias. Depois de excursionarem por um tempo, a boa divulgação chamou a atenção da grande Roadrunner Records, que em seguida já assina contrato com a banda e nesse meio tempo Tom Gomes é adicionado na bateria no lugar de Adam, que vai pra guitarra, e pra quem não sabe.. Adam é uma máquina musical! Toca guitarra, bateria, canta e é produtor. Já produziu vários cd's para um monte de bandas (entre elas muitas cristãs): UNEARTH, AUGUST BURNS RED, UNDEROATH, AS l LAY DYING, etc. Em 2002, sai "Alive or just breathing" segundo cd da banda, que é magnifico!!! É um dos melhores álbuns do séc. XXI, que tem "uma mistura de elementos do Metat (Thrash/Death-Metal) com umas pitadas de Hard-Core e melodias que cravam em sua cabeça, canções como "My Last Serenade"; "Fixation On The DarKness" e "Life To Lifeless" abriram as portas da banda para o mundo inteiro. Após alguns meses de turnê, Jesse manda um e-mail para banda e declara sua saída (mais detalhes na folha ao lado). Por causa da distância de sua mulher, Jesse não conseguia cantar e isso afetava seu interior, assim em 'Junho de 2003 deixa a banda no meio da turnê que já tinha varias datas marcadas... Uma barreira difícil para o grupo superar, onde eles achariam outro vocalista com o mesmo calibre de Jesse? Howard Jones é o nome dele?!

Depois de uma conversa por telefone, Howard (que é vocal de uma banda chamada Blood Has Been Shed, ensaia com a banda e mostra já em seu primeiro show (no festival HelIFest), que veio pra ficar! O publico foi a loucura e o vocal foi aprovado. 2004 sai o primeiro álbum com Howard nos vocais e o terceiro do grupo “The End Of Herteache", Tom Gomes sai antes desse álbum e Justin Foley (também do Blood Has Been Shed) entra para substituí-lo na bateria e assim se firma e completa o line-up. Este álbum cravou de vez o KsE com as musicas ''Roses of Sharyn" e "The End Of Herteache" (trilha do filme RESIDENT EVIL-2), e nem precisa dizer que o Howard encaixou perfeitamente né? Os guturais nervosos e as melodias limpas com músicas rápidas e cheia de 'breakdowns' se tornou a marca registrada do KsE. E tome mais turnês...

Chegamos em 2005, onde sai o dvd "World Ablaze" que conta toda trajetória do grupo e contém todos os clipes e um monstruoso show ao vivo!! A gravação desse show está perfeita, o áudio está limpinho, uma superprodução!! Mais turnês e blá, blá, blá... Em outubro de 2006 sai quarto álbum "As DayLight Dies", onde não mudou muita coisa na sonoridade e caráter do KsE, que continua com a agressividade e melodias alternadas. "My Curse" e depois "Arm Of Sorrow". Rolou um tempo depois, um cover da banda DIO, "Holy Diver" que ficou muito bom.

Você deve estar se perguntando O/porquê dessa matéria do KsE estar em um fanzine cristão (cristão? - É meu chapa!!!) como esse zine foi feito para mostrar uma mensagem positiva através dos testemunhos das bandas, já adianto que o KsE não é uma banda cristã, mas há um Integrante em especial que deixou sua marca e sei que vai ser uma grande surpresa para muitos saber disso, estou falando de...

Continua...


POR : WILLIAM BUSA
Para o Fanzine Sagrado Brutal Core #4 - Janeiro de 2008, página 14
https://www.facebook.com/william.busa



+ COnhEÇa + O Fanzine SBCore #4 - CLIQUE AQUI!



29 de dez de 2012

Diario de Bordo - Dos Fanzines a Missões Urbanas

De:Roger BeatJesus [mailto:cronicas34@hotmail.com]
Enviada em: quinta-feira, 23 de julho de 2009 18:35
Para: secretaria@tribalgeneration.org

Assunto: Vou Para o Encontro Posso Levar uns zines??

Olá, Pax seja com todos. 
Gostaria de saber se posso levar alguns fanzine para divulgar no encontro. E se a possibilidade de nos colocar num cantinho ou numa mesinha somente para deixar os nossos artefatos amostra. Nossos trampos com os Zines é totalmente artesanal, exceto as letras do Word, e é de exclusiva importância para as missões urbanas, principalmente com os que curtem Rock. 

Gostamos de Deus/Jesus/Espirito Santo e expressamos isso nos fanzines de uma forma contextualizada para que muitos jovens conheça a Palavra sem o tal pré-conceito. 

Fico no aguardo da sua resposta.
God Bless You.

Roger BeatJesus
23-07-2009

As Boas Novas da Missões em Fanzines


Olá hermanos da Missão, frmz no Bonde!

Já faz algum tempo que não atualizamos O blogue SAGRADO BRUTAL CORE, que para muitos serve como um guia de informação sobre a cena underground e emergente desta geração. Na verdade, continuamos na Ativa. Fazendo Artes e Intervenções Culturais, seja por meio de Fanzines ou por outras formas de Expressão. Mas acima de tudo, mantendo-se firme na Palavra que traz vida e vida com abundância.

Como estamos numa fase, onde o Coletivo está de mudança e, alguns casando, outros estudando, outros vivendo e muitos crescendo, optamos em vincular todas as nossas Caminhadas para o Coletivo de Artes - Sarau Comics Edition, que nada mais éh do que a responsável pelas Publicações em Fanzines Sagrado Brutal Core e muitos outros artefatos impressos da cena cristã jovem alternativa (ufa!..)

Mas não fique triste.. 
Para nós será um imenso prazer, fazer parte de sua caminhada e crescimento. Por isso, não deixe de curtir A FanPage do Sarau e fique atualizado sobre nossas aventuras. Saiba também, aonde colocaremos nossas banquinhas de fanzines em algum evento,rs.



Fanzines do Coletivo Sarau Comics Edition
em Festival LOVE7, PalavrAntiga e Tanlan, Largo do Arouche, São Paulo/SP

Coletivo de Arte em Fanzines - Sarau Comics Edition
em algum evento Alternativo Periférico de São Paulo

Fanzine Sagrado Brutal Core e Sexxx Church
em Parada do Orgulho LGBT, São Paulo-SP

Fanzine Sagrado Brutal Core #5 - Special Electro Music,
em Comic Fair - Anime Friends - SP/SP

Sarau Comics Edition e William Busanello no LOVE7 Festival,  São Paulo-SP

Fanzines Sagrado Brutal Core, Introspecção Zine, Shuffle ArtZine e Christa Core
no Acampamento Ercília , vão do  Masp na Paulista.

Sarau Comics Edition em
Evento FANZINADA no Masp - Paulista

Conheça o Coletivo do Sarau em : FaceBook/SarauComicsEdition


Um Forte AbraçO;
Paxxx Ao Fronte!!!
ColetivO Sarau Comics Edition

11 de mai de 2012

SaGraDO BrutAL CorE #5 - Special ELECTRO Music

Considerado como um dos mais loucos e alternativos da cena zineira. Ah..rs. pode ser que estou exagerando um pouco, mas depois que eu te contar, tire você mesmo as suas conclusões.
 Leia + Clicando AQUI!!..: